Balanço das metas de 2016

balanco

Muita gente reclamou de 2016 e está contando as horas para este ano acabar. Não posso ser hipócrita. Mesmo diante de uma baita crise política e econômica, foi um ano de muitas conquistas para minha pessoa. No começo do ano, escrevi esse post aqui no blog,  sobre metas que queria cumprir em 2016. Vamos fazer um balanço?

* * *

1) Escrever mais para o blog. (META CUMPRIDA!)
Poderia ter escrito mais? Poderia, claro. Mas pelo menos, todo mês rolou algum post. Quem me conhece, sabe o carinho que tenho pelo Pescador de Sonhos. Este blog foi meu diário virtual na adolescência e agora, na fase adulta, posso considerar um pedaço do meu portfólio. Além de ser algo que trato como hobby. Fico muito feliz quando recebo comentários sobre os textos. Obrigado à todos que me acompanham por aqui. Vale lembrar que em 2016, comecei a escrever quinzenalmente em um site muito bacana, o Sobreviva em São Paulo. Entra lá.

2) Guardar dinheiro. (META NÃO CUMPRIDA)
Como sempre, não consegui cumprir tal meta. Todo ano prometo que vou guardar dinheiro e nunca consigo. Até abri uma poupança mas quando apertava, já usava o dinheiro que estava guardado. Mas 2017 está quase aí e eu não vou desistir.

3) Voltar para São Paulo. (META CUMPRIDA!)
Em abril, consegui finalmente voltar para São Paulo! Quando cheguei, dividia apartamento no bairro da República, região central da cidade. Depois se ser convidado a me retirar do apartamento, conheci uma galera super bacana, onde divido casa no bairro do Carrão, pertinho do Tatuapé. Estar em São Paulo hoje, é uma realização pessoal muito grande.

4) Ir mais à praia (antes de voltar para SP). (META CUMPRIDA EM PARTES)
Sinceramente eu nunca fui fã de praia. Quer dizer, acho que quando era criança deveria gostar, mas depois da adolescência (talvez por morar na praia), acabei enjoando. Agora, nas férias de fim de ano, acompanhei os amigos mas se estivesse sozinho, talvez não colocasse os pés na areia.

5) Terminar minha faculdade. (META CUMPRIDA!)
Finalmente, agora sou um jornalista, com diploma! Essa foi uma vitória pessoal muito grande, por conta de muita que passei. No começo de agosto, foi minha colação de grau e agora no finalzinho do ano, saiu o meu diploma. Agora me resta começar logo uma pós-graduação mas isso é algo para ser escrito no post de metas para 2017.

6) Me livrar do remédio controlado. (META CUMPRIDA EM PARTES)
Não me livrei mas não é algo que agora, me incomode. Para quem já tomou 5 remédios, não podia beber e ficava totalmente dopado, eu hoje estou no céu. Claro que é ruim ficar dependente de um remédio mas tudo tem sua hora. Vou transferir meu tratamento para São Paulo e assim, tudo fica mais fácil. Sem contar que hoje em dia, quem é que não toma um remedinho não é mesmo?

7) Entrar num curso de inglês. (META NÃO CUMPRIDA)
Não entrei mas procurei. Infelizmente, o valor das mensalidades fugiam um pouco do meu orçamento e esse plano, novamente será adiado. Meu inglês é péssimo e preciso mudar isso o quanto antes. Não sei se vou conseguir bancar a pós+inglês mas essa ainda será uma meta para minha vida.

8) Emagrecer 30 quilos. (META NÃO CUMPRIDA)
HAHAHAHAHHAHAHA

9) Me dedicar para alguma religião. (META CUMPRIDA!)
Não posso dizer que me encontrei religiosamentemas desde maio, tenho frequentado um centro espírita cardecista, perto do meu trabalho. Tem me feito muito bem. Tenho aprendido muito. Claro que preciso ler mais, estudar mais, porém, sempre tive uma simpatia com o espiritismo. Mas continuo acreditando em Buda, Khisna e etc. Adoro divindades.

10) Fazer algum trabalho voluntário. (META CUMPRIDA EM PARTES)
Fiz pequenas ações que claro, poderiam nem ser maiores mas com mais frequência. Talvez no próximo ano eu tente encontrar alguma instituição ou ação perto de casa. Não vou dar aquela desculpa de que a vida em São Paulo é muita corrida e não tive tempo porque é feio. Fazer o bem faz bem.

11) Ler mais. (META CUMPRIDA!)
Tinha colocado como meta ler pelo menos 2 livros por mês e acho que alguns, li 3 ou mais! Legal não é? Como rolou a Bienal do Livro este ano, consegui comprar muitos livros bacanas por um preço bem legal. (Adento: fui em 3 lançamentos da Fernanda Young e no da Rita Lee, só para constar ♥)

12) Fazer mais três tatuagens. (META CUMPRIDA!)
Fiz quatro! Mas não são exatamente as que descrevi no post das metas. Estou agora com 10 tatuagens e para 2017 já tenho outros desenhos em mente. As do post de metas, serão feitas em 2017.

13) Sair mais com meus amigos. (META CUMPRIDA EM PARTES)
Não vou entrar em muitos detalhes porque isso daria um novo post. Não sei o que aconteceu (talvez minha ida para a capital), mas eu me distanciei muito dos meus amigos mais próximos. Sou uma pessoa com muitos conhecidos e poucos amigos, ainda mais em São Paulo. Não sai o tanto que queria, incrível como ninguém tem tempo de fazer nada em sampa.

14) Ir mais ao cinema e ao teatro. (META CUMPRIDA!)
O lado bom de morar em São Paulo é o leque de opções culturais com o preço bacana e muitas vezes até com entrada gratuita. Confesso que não consegui assistir muita coisa (Wicked é um exemplo), mas além de ter sido assessor de uma peça de teatro, em 2016 pude ver de perto a incrível Bárbara Paz, em Gata em Telhado de Zinco Quente, no CCBB foi lindo.

15) Viajar. (META NÃO CUMPRIDA)
Acho que meus trajetos de viagem só incluíram São Paulo – Caraguatatuba. Mas não perco a esperança jamais e América Latina me aguarde!

* * *

Fazendo um balanço, das 15 metas estipuladas por mim, 4 não foram cumpridas, 4 cumpridas em parte e 7 cumpridas. Até que é um resultado considerável não é? Já faz alguns anos que tenho o hábito de escrever minhas metas aqui no blog e olha… fiquei feliz com o balanço desse ano.

Agora, que venha 2017!

(Assim que chegar em São Paulo, em 2 de janeiro, faço um post com as metas para 2017).

Até breve e feliz ano novo para todos 🙂

Anúncios

Sobre Cléverton Santana

Jornalista e tuiteiro de plantão. Morou praticamente toda sua vida na praia mas seu coração sempre foi da selva de pedras. Fã de séries, cinema e teatro, sempre encontra tempo para ler algum livro. É eclético musicalmente, mas não vive sem Rita Lee, Queen e Legião Urbana.
Esse post foi publicado em 2016, Caraguatatuba, Jornalismo, Listas, Pescador de Sonhos, Pessoal, São Paulo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s