Netflix: vale a pena assinar?

post_netflix

A Netflix (sim, é “a netflix”, no feminino mesmo, eu vivia falando “o netflix”), é uma empresa americana  onde é possível assistir filmes, séries e documentários online (streaming). Está no Brasil desde julho de 2011 e possuí mais de 70 milhões de assinantes em 40 países. Uma das grandes vantagens do serviço é poder assistir, pausar e voltar a assistir os conteúdos sem comerciais quando e onde quiser, pelo computador, smartphone, smartv dentre outros dispositivos. Para isso, basta ter uma conexão  à internet.

O blogueiro José Moreira Neto, 25, é assinante do serviço há 2 anos e meio. Ele possui um plano com amigos, onde conseguem desfrutar do melhor pacote sem ficar muito caro para cada um. “A ideia de conteúdo sobre demanda sempre me chamou a atenção. Acho pratico e é a melhor opção para mim que detesto ter horários fixos.  A vantagem maior para mim é a independência, a facilidade do acesso e o conteúdo exclusivo. A desvantagem maior é quando tiram alguma coisa do catálogo e estou no meio da temporada”, diz. Atualmente, Neto está acompanhando Sherlock, Spartacus, Pokemon e Black Mirror.

Mesmo possuindo  um vasto catálogo, os títulos na Netflix podem “expirar” e são removidos sem aviso prévio. (Nem tudo é perfeito, né mores?). Mas garanto: tem muita coisa para assistir. A minha lista de “coisas para assistir” está enorme e não para de crescer.

É possível criar vários “perfis” e isso é muito útil quando se compartilha o serviço com família, amigos ou terceiros. Cada perfil pode escolher o que quer assistir e possuí suas próprias recomendações. Ah, uma coisa legal: tudo que você assiste fica salvo e se resolver sair do que está assistindo, pode retomar onde parou. Legal, não?

Rafael Paes, 34, é professor de história e assina o serviço desde 2013. Para ele, as vantagens são o preço, a comodidade e as séries originais. “Algumas desvantagens são poucos filmes novos no catálogo, poucas animações e alguns vídeos em baixa qualidade”, revela. Suas séries favoritas são Jessica Jones e Daredevil.

Séries Originais

o-OITNB-facebook

Lançada em julho de 2013, Orange is the new Black já ganhou diversos prêmios, dentre eles o Emmy 2015. Em junho desse ano, estreia a 4ª temporada.

Diferente dos estúdios tradicionais, a Netflix não interfere no conteúdo de suas séries. Se o roteiro é aprovado, vai direto para a etapa de produção. Os episódios são disponibilizados de uma só vez, diferente do que ocorre nos canais de TV, onde são lançados um episódio por semana e às vezes com pausas no meio das temporadas.

Rafaela Righi, 32, atendente de crédito, começou a assinar o serviço para assistir a série “Orange is the New Black” (que é maravilhosa, inclusive). Rafaela trabalhou por 4 anos em uma locadora de filmes e é apaixonada por cinema. “Uma das grandes vantagens em assinar a Netflix, é que lá posso encontrar a maioria de séries e filmes que não pude acompanhar nos canais fechados. Além disso, tudo está acessível, acho isso maravilhoso. Na época da locadora, um lançamento demorava para chegar nas prateleiras”, conta.

Destaques para: Orange is the new Black (♥), Jessica Jones, Narcos e Sense8.

maxresdefault (1)

Em novembro de 2013, a empresa assinou um contrato com a Disney para produzir quatro séries originais de super-heróis da Marvel. Uma dessas séries, foi Jessica Jones que agradou o público, sendo lançada no final de 2015.

Clássicos da TV por assinatura

Friends

As 10 temporadas completas de Friends estão disponíveis na Netflix.

Mas não apenas as séries originais que fazem parte do catálogo. Para quem gosta dos clássicos, a Netflix também é um bom lugar. Estão disponíveis as temporadas completas de Friends, Sex and the City (♥), American Horror Story (♥), Um maluco no pedaço, Revenge, Gossip Girl, Grey’s Anatomy, House, Glee entre outras.

Filmes nacionais

71

“Bruna Surfistinha”, é um dos filmes nacionais disponíveis no catálogo.

O catálogo nacional não é muito vasto (até porque, a maioria das produções nacionais são produzidas pela Globo Filmes, que é dona da Rede Telecine e possuí seu próprio serviço de streaming para seus assinantes). Mesmo assim, alguns filmes da própria Globo Filmes estão disponíveis para serem vistos.

O primeiro mês é grátis!

Se você ficou curioso e com vontade de assinar o serviço (que possuí pacotes à partir de R$19,90 mensais), pode usar por um mês grátis. Para isso, basta acessar o site: www.netflix.com e clicar em “comece o seu mês grátis”. É necessário informar os dados de cobrança, mas quando quiser cancelar é super simples. Resumindo: se você gosta de filmes, séries e quer assistir quando e onde quiser, sim, vale a pena se tornar um assinante Netflix. E você? Tem alguma série ou filme para me indicar?

Até breve.

Anúncios

Sobre Cléverton Santana

Jornalista e tuiteiro de plantão. Morou praticamente toda sua vida na praia mas seu coração sempre foi da selva de pedras. Fã de séries, cinema e teatro, sempre encontra tempo para ler algum livro. É eclético musicalmente, mas não vive sem Rita Lee, Queen e Legião Urbana.
Esse post foi publicado em Cinema, Jornalismo, Séries, Televisão e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Netflix: vale a pena assinar?

  1. Rafaela disse:

    Maravilhosooooo! Amei tdo está perfeito
    Parabéns! !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s