Beber, cair, levantar

Ontem, saí com uns amigos e enchi a cara… 🙂
Cheguei em casa TRIBÊBADO, minha mãe falou um monte … Depois bate o arrependimento né? Fiz para me sentir BEM, me sentir BEM comigo mesmo e feliz. Mas pra que isso, se é uma felicidade passageira?
ARG.
Anúncios

Sobre Cléverton Santana

Jornalista e tuiteiro de plantão. Morou praticamente toda sua vida na praia mas seu coração sempre foi da selva de pedras. Fã de séries, cinema e teatro, sempre encontra tempo para ler algum livro. É eclético musicalmente, mas não vive sem Rita Lee, Queen e Legião Urbana.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Beber, cair, levantar

  1. >Sabe querido, as vezes é preciso extravagar em todos os sentidos, isso tambem já aconteceu comigo, e não tenho vergonha em falar só porque sou mulher, uma vez quando era criança de mais ou menos 9 anos, pensei que raspadinha "aquela de gelo raspado colorido" fosse bebida alcoolica e fazia em casa com minhas amigas pensando em tomar um porre kkk, hj sei que não passa de gelo com groselha, mas a ingenuidade era tanta que atingia a tal da felicidade…Bjos querido, e se beber não dirija!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s